A agência sionista de inteligência Mossad patrocina o grupo terrorista MKO.

 A agência de Inteligência do regime sionista israelense (pt, israelita), o Mossad, financia a banda terrorista Muyahedin-e Jalgh (MKO) a troca de atentados realizados contra a nação iraniana, declarou Richard Silverstein, analista político norte-americano.

O especialista afirmou que o MKO paga aos serviços norte-americanos para obter o seu apoio e para que falem em seu nome. O dinheiro provêm do Mossad, sob a condição sine qua non de o MKO executar atentados contra o povo e governo iraniano.
 
Se quem recebe o dinheiro do MKO pensa que os membros dessa organização são defensores da democracia no Irã (pt, Irão), deverá passar revista aos personagens que essa banda terrorista assassinou antes de fugir do país persa; ou considerar aos norte-americanos que que foram posteriormente assassinados por esse grupo, precisou, além de ter acrescentado: “o MKO é extremista radical. Recorre a qualquer coisa ou pessoa para conseguir seus objetivos”.

O MKO foi patrocinado por Sadam Husein

Em 1986, o MKO fugiu para o Iraque, patrocinado pelo falecido ditador iraquiano Sadam Husein, tendo se instalado num campo perto da fronteira com Irã (pt, Irão), onde albergou também centenas de soldados norte-americanos durante a invasão do país árabe.
Terroristas do MKO
 
O MKO também colaborou ativamente com Sadam Husein em 1991 no massacre de curdos iraquianos. 
  
 
Irã (pt, Irão) pediu ao governo de Iraque, em reiteradas ocasiões, para que expulse o MKO dos seus territórios, mas os EUA e Israel têm pressionado o governo de Bagdade com o objetivo de manter esse grupo terrorista na região.
 
Uma grande parte da comunidade internacional considera o MKO uma organização terrorista, autora de numerosos atos violentos, não apenas contra o povo iraniano, mas também contra os opositores a Sadam Husein.
 
Fonte: HispanTV
Tradução: sionismo.net

, , , ,

No comments yet.

Deixe uma resposta