Violência sionista em USA.

sionista violento Robin Dubnerfonte: sionismo.net
A violência e agressividade é caracteristica dos grupos de activistas sionistas norte-americanos. Um deles, é o StandWithUs/San Francisco Voice For Israel, grupo desordeiro especializado em boicotar, com agressões, provocações e ameaças, todas as manifestações e eventos que ponham em causa a actuação de Israel, em São Francisco, Califórnia. No passado dia 14 de Novembro, uma dúzia de elementos desse grupo introduziram-se ilegalmente numa reunião de activistas pacifistas da comunidade Jewish Voice for Peace, um colectivo de judeus norte-americanos que propõem a resolução do conflito israelita-palestino baseado num critério de democracia e equidade.  Cerca de 50 pessoas foram testemunhas da agressão da activista pró-sionista, a advogada californiana Robin Dubner, com um “pepper-spray”, a dois judeus pacifistas, por estes lhe terem pedido que parasse com uma gravação de vídeo. As actividades deste grupo violento em reuniões e manifestações anti-israelitas são bastantes conhecidas, sendo prática habitual o uso de ameaças, tais como, “vamos descobrir onde moras” e “faremos a tua vida impossível”.
No vídeo que aqui publicamos, veremos primeiro uma actuação deste grupo violento durante uma manifestação silenciosa e pacífica de activistas de Bay Area Women in Black e de Jewish Voice for Peace, em 6 de Junho de 2010, á entrada do congresso “Israel in the Gardens”, promovida pela Federação de Judeus de São Francisco. Os activistas pacificamente pediam o fim da ocupação israelita em Palestina e Gaza, mediante uma marcha silenciosa, enquanto membros do referido grupo violento os provocava chamando-os “kapos” ( judeus que colaboravam com os nazis nos campos de concentração), sugeriam que “Israel deveria afundar a próxima frota com eles a bordo”, numa alusão ao ataque israelita à frota humanitária, e ameaçando com “estão a ser identificados”, “descobriremos onde vivem”, “vamos fazer-vos a vida difícil” e “vamos perturbar as vossas famílias”.
Na segunda parte do vídeo veremos uma gravação realizada na reunião de pacifistas em 14 de Novembro, incluindo uma pequena entrevista aos dois agredidos.
No seu site, StandWithUS apresenta-se como um grupo dedicado a promover a paz no Médio Oriente, mediante programas educativos. Esta é a sinistra “paz” sionista:

, , , , ,

No comments yet.

Deixe uma resposta