Erdogan

Turquia e Israel: Erdogan e o estado sionista.

Autor: Ahmed Bensaada
Tradução: sionismo.net

[…] Quando em 2009 Erdogan abandonou encolerizado um debate público com o presidente israelita (br. israelense) em Davos, converteu-se instantaneamente no herói de árabes e muçulmanos. Eu próprio lhe dediquei um artigo elogiando a sua coragem e valentia em favor do povo palestiniano (br. palestino) que acabava de viver o massacre de Gaza pelo exército israelita (br. israelense) [1]. Posteriormente, o episódio da Flotilha da Liberdade que custou a vida a nove cidadãos turcos em maio de 2010 amargurou as relações entre os dois países e a situação chegou a quase ruptura de relações. Mas, que se passa realmente com as relações entre Erdogan e o estado sionista? […]

Ler artigo completo...
Fim-de-semana da Irmandade

Nova Iorque: voluntários muçulmanos e judeus cozinhando juntos para pessoas necessitadas.

Domingo de manhã, a cozinha da mesquita da Fundação Muçulmana Inc., em Somerset, nos Estados Unidos, recheou-se de agradáveis aromas e conversas amigáveis enquanto um grupo de voluntários preparava 350 refeições para distribuir a pessoas sem-abrigo de Nova York e Nova Jersey. 

O evento fez parte do “Fim-de-semana de Irmandade” (Weekend of Twinning), realizado de 18 a 20 de novembro.

Ler artigo completo...
rei Abdullah e Obama

Israel e países do Golfo Pérsico: aliança de conveniência?

Autor: Max Ajl em http://www.maxajl.com/alliance-of-convenience/

Tradução: sionismo.net

Este recente artigo, publicado pelo The Washington Post, refere-se às “alianças de conveniência” no Médio-Oriente entre os estados Árabes do Golfo e Israel. Todas as alianças são “alianças de conveniência”, mas o que o autor desse artigo não entende é que os estados do Golfo Árabe ficariam muito satisfeitos de normalizarem as relações com Israel. Este foi um dos tópicos da Iniciativa Árabe pela Paz de 2002.

Ler artigo completo...

Sobre o Al-Andalus, sionismo catalão, revoltas árabes, islamofobia…

O ensaísta, filósofo e poeta catalão  Abdennur Prado entrevista Josep María Navarro Cantero, co-fundador de ONGD SODEPAU, professor da Escuela Universitaria de Treball Social e perito em projetos de mediação comunitária para a Câmara Municipal de Barcelona (Ajuntament de Barcelona).

Nesta entrevista são abordados temas diversos, tais com, sionismo catalão, islamofobia, antissemitismo, revoltas árabes, entre outros. […]

Ler artigo completo...
Alejandro Ruetter Fridman

Judeus Anti-sionistas: “o projeto sionista põe em perigo a paz mundial”

O filósofo, poeta, escritor e ensaísta catalão Abdennur Prado entrevista Alejandro Ruetter Fridman, membro da Associação de Judeus Anti-sionista de Espanha (Asociación de Judíos Antisionistas en España).
O entrevistado esclarece diversos tópicos, tais como, judaísmo versus sionismo, antissionismo, judeofobia, antissemitismo, islamofobia, manipulação ideológica israelita (br. israelense), memória sefardita, etc. […]

Ler artigo completo...
Liliane Cordova Kaczerginski

Entrevista a Liliane Cordova Kaczerginski, da Rede Internacional de Judeus Anti-sionistas

Oscar Martínez entrevista a coordenadora europeia do IJAN, organização judaica anti-sionista (br. antissionista) International Jewish Anti-Zionist Network (IJAN), Liliane Cordova Kaczerginski, a propósito da “Carta aberta da Rede Internacional de Judeus Anti-sionistas”. As respostas são muito interessantes, porque ajudam a desmentir alguns dos dogmas que formam parte da ideologia sionista e que têm como objetivo justificar com falsos argumentos históricos a colonização da Palestina, verdadeira origem dos crimes que está cometendo Israel. […]

Ler artigo completo...
Jerusalém no Alcorão

“Jerusalém no Alcorão”, de Imran Hosein

O professor Imran Nazr Hosein é o autor de um livro intitulado “Jerusalém no Alcorão” (“Jerusalem in the Quran”). Trata-se de uma tese académica islâmica, rica em documentação histórica e religiosa, de leitura obrigatória para os investigadores, muçulmanos ou não, interessados em aprofundar o tema. No final do artigo existe uma hiperligação que permite baixar o livro em formato pdf, gentilmente posto à disposição do público pelo seu autor.

Apesar de um pouco fora do contexto da nossa linha editorial, aqui publicamos a tradução do prefácio do livro escrito por Malik Badri do International Institute of Islamic Thought and Civilization da Malásia, sem comentários, para reflexão e eventual incentivo à sua leitura […]

Ler artigo completo...

Holocausto: imprescritibilidade. Porque Israel ganha a guerra.

Tradução:sionismo.net
Nos anos vinte e trinta do século passado, a típica agudeza britânica para a frase assegurava que a Primeira Guerra Mundial se tinha ganhado mais nos campos de jogo de Eton que nas trincheiras de Flandres. Israel, embora de maneira muito mais prosaica, também trabalha para ganhar antes, durante e depois da batalha o pugilato pela opinião do mundo ocidental. Um exemplo é a Escola Internacional para o Estudo do Holocausto, que incansavelmente convida jornalistas, académicos e docentes, sobretudo europeus, para que ninguém se atreva a esquecer. […]

Ler artigo completo...
Yuval Diskin

O chefe do Serviço de Inteligência de Israel crê que Internet fortalece o terrorismo.

Yuval Diskin chefe do Shabak, mais conhecido pelo seu nome original Shin Bet, serviço de inteligência e segurança interior de Israel, advertiu sobre o “perigo” que representa a Internet como potencial ameaça terrorista.
“Internet proporciona às organizações terroristas a informação que antes só estava disponível aos Estados” […]

Ler artigo completo...
Maurice Mootamed lider judeu

Deputado judeu iraniano: “Os judeus no Irã gozam de total liberdade”

Não faz muito tempo o deputado judeu no Parlamento do Irão (Irã) declarou: “Os judeus do Irão (Irã), tal como o resto dos seus compatriotas, orgulham-se de que os cientista iranianos tenham conseguido aceder à tecnologia nuclear para fins pacíficos.”
O deputado iraniano insistiu nas boas condições e completa liberdade em que vivem os 25.000 judeus de Irão, afirmando: “Tal como acontece com as outras minorias religiosas, os judeus de Irão somos livres para celebrar os nossos rituais e festas.” […]

Ler artigo completo...
três culturas

Entrevista a Álvaro de Azevedo Moura do Projeto Itinerante de História, Arte e Cultura “Minerarte” e do “Museu das Três Culturas”

Álvaro de Azevedo Moura (1), do Museu Itinerante de Arte e Cultura Medieval (Minerarte) e do Museu “As Três Culturas”, concedeu-nos uma entrevista, onde esclarece alguns tópicos sobre o sionismo e o judaísmo sefardita. Nesta entrevista aborda tópicos como a história dos judeus sefarditas e do al-Andalus, as “três culturas”, sionismo político versus judaismo. […]

Ler artigo completo...
logo mossad

Mossad, Metsada e os kidon: terrorismo sionista (1ª parte).

Este é o primeiro de uma série de artigos sobre a Mossad e os agentes do Kidon da Metsada, um grupo de assassinos profissionais, que sob a protecção do governo sionista de Israel têm cometido os mais diversos e terríveis actos de terrorismo, assassinatos, sequestros e outras ilegalidades, sob o olhar protector de alguns governos ocidentais.
Os terroristas desta sinistra e obscura organização dedicam-se a procurar e eliminar supostos inimigos do Estado Sionista de Israel em qualquer lugar do mundo […]

Ler artigo completo...
hugo chávez

Carta de Hugo Chávez ao Secretário Geral da ONU

O presidente venezuelano Hugo Chávez enviou, em 17 de setembro, uma carta ao Secretário Geral da ONU Ban Ki-Moon, para confirmar o apoio do governo venezuelano para o estabelecimento do Estado da Palestina, na qual descreve com magistral simplicidade a terrível realidade do sionismo [segue tradução da carta…]

Ler artigo completo...
mapa das fronteiras malditas

A visão de Herzl do Estado Judaico.

Nos seus diários (“The Complete Diaries of Theodor Herzl, Fundação Herzl, Nova York, 1960), o fundador do sionismo delimitou da seguinte maneira o território que abarcaria o Estado Judeu: “Desde o rio do Egipto até ao Eufrates” (Vol. II, página 711).
Quarenta e três anos mais tarde, em 9 de Julho de 1947, as ideias sionistas de desejo de extensão do Estado de Israel a criar-se em seguida, foram anunciadas da seguinte maneira pelo rabino Fischmann, membro da Agência Judaica: “A Terra Prometida estende-se desde o Nilo até ao Eufrates” […]

Ler artigo completo...
Imagem e realidade do conflito israelo-palestino

O plano sionista para Palestina – “Imagem e realidade do conflito palestino-israelita” de Norman Finkelstein.

O livro do professor Norman Finkelstein “Imagem e realidade do conflito israelo-palestiniano” é considerado leitura essencial para os estudantes interessados no conflito entre palestinianos e israelitas.
Nesse livro, Finkelstein fala sobre as raízes do conflito e os planos sionistas na Palestina. Finkelstein observa que “o movimento sionista tentou no final do século XIX criar um estado predominantemente, senão exclusivamente, judeu na Palestina” […]

Ler artigo completo...
Entrevista Shlomo Sand

Entrevista ao historiador israelita Shlomo Sand.

Shlomo Sand, professor de História da Europa na Universidade de Tel Aviv, publicou o polêmico livro “Quando e como se inventou o povo judeu”, onde questiona alguns princípios da história sionista oficial.
O livro, que se manteve várias semanas na lista dos mais vendidos em Israel, contém duas teses que no passado tiveram certa aceitação entre historiadores sionistas, mas que atualmente se encontram arquivadas: que os atuais judeus proveem de povos pagãos que se converteram ao judaísmo longe da Palestina, e portanto não descendem dos antigos judeus, e que os palestinianos árabes são os únicos descendentes dos antigos judeus […]

Ler artigo completo...
A invenção do povo judeu: O mito fundamental do sionismo é o retorno dos judeus à sua terra.

“A invenção do povo judeu”, de Shlomo Sand.

O mito fundamental do sionismo é o retorno do povo judeu à sua terra. Segundo esse mito, o povo israelita soberano foi conquistado, exilado e espalhado pelo mundo, mantendo-se marginalizado e unido, inspirada pela lembrança da sua antiga soberania.
O historiador da Universidade de Tel Aviv, Shlomo Sand, no seu notável livro “A Invenção do povo judeu”, explora o trabalho académico passado, para refutar a historiografia sionista, ressaltando o seu caráter mitológico e em vez disso nos conta a história de uma minoria religiosa e do seu credo oscilando entre o proselitismo e a conversão, sujeita às mesmas forças sociais que afectam qualquer outra minoria religiosa […]

Ler artigo completo...
Norman Finkelstein

Ataque à Flotilha da Liberdade. Entrevista ao Dr. Norman Finkelstein

No dia 31 de Maio de 2010, faz hoje um ano, o exército sionista atacou os cooperantes pacifistas que se encontravam a bordo do navio “Mavi Marmara” da “Flotilha da Liberdade”, donde resultou a morte de nove ativistas turcos.
Como homenagem aos mártires tombados nesse dia, apresentamos uma entrevista televisiva efetuada ao Prof. Doutor Norman Finkelstein, famoso cientista político, judeu anti-sionista, autor de diversos livros e artigos académicos […]

Ler artigo completo...
Dr Abdullah Mohammad Sindi

Holocausto, um típico mito sionista

A palavra “holocausto” significa uma extensa destruição de seres humanos por outros humanos, resultando numa imensa perda de vidas, especialmente pelo fogo. No entanto, o chamado “holocausto” pela Alemanha nazi contra os judeus é baseada em duas grandes mentiras.
A primeira mentira afirma que os nazis mataram “seis milhões” de judeus. Esse número é extremamente exagerado, sendo portanto uma mentira (veja abaixo algumas estimativas razoáveis ??e imparciais) […]

Ler artigo completo...