“Uma chamada de angustia pelos nossos irmãos em Gaza e Palestina”

Discurso anti-sionista em New YorkEste discurso foi proclamado em nome de Neturei Karta Internacional (Colectivo de Judeus ortodoxos tradicionais anti-sionistas) em frente ao consulado de Israel em Nova York.Devido ás restrições religiosas do Shabbat (Sábado), este discurso foi preparado antes e lido por um não-judeu. Os manifestantes judeus caminharam quase duas manifestando-se pelas ruas de Nova York.

Assalam Alaikum

Existe uma cruel e vil mentira que persegue o povo judeu em todo o mundo. Esta grande mentira consegue os seus objectivos devido à cumplicidade dos grandes meios de comunicação e aos planos educativos de hoje em dia.

Esta mentira trouxe muito sofrimento a gente inocente por todo o mundo e será a causa de uma desenfreada e grave tragédia no futuro.

Esta mentira declara que as “atrocidades cometidas pelo estado de Israel contra a população de Gaza e da Palestina , são a vontade do povo judeu.

Esta mentira declara que o judaísmo e o sionismo são idênticos. Nada mais afastado da verdade.

O judaísmo e o sionismo estão totalmente opostos e um é a antítese do outro.

O judaísmo é a crença na revelação do Monte Sinai.

É a crença em que o exílio é um castigo para os pecados judaicos.

É o ensinamento de que a Tora (Torah, Torá) de Di-s Todo Poderoso proíbe-nos ter o nosso próprio estado, ou revoltar-nos contra qualquer nação.

Os sionistas, durante mais de 100 anos, renegaram a revelação do Sinai.

Os sionista acreditam que o exílio dos judeus pode-se travar com a força militar, conquistando e oprimindo

O objetivo do sionismo é converter a fé em nacionalismo..

O sionismo tem estado usurpando as propriedades do povo palestiniano.

Não fizeram caso das suas reivindicações, justas e objetivas, mas perseguiram, torturaram e mataram.

A Torá judaica e o mundo religioso judaico sofrem em virtude de tanto sofrimento que está totalmente oposto aos valores do judaísmo.

Milhares de eruditos e santos da Tora condenaram o sionismo desde o princípio. Sabiam que a boa relação entre judeus e muçulmanos na Terra Santa e no mundo inteiro seria afectada enquanto o sionismo existisse.

O estado de Israel rejeita muitos valores religiosos judaicos. As suas leis desumanas e incompassivas são totalmente contrárias à Tora.

Os judeus religiosos crentes na Tora sempre foram opositores do sionismo.

A nossa presença hoje aqui é para demonstrar que o sionismo não representa o povo judeu religioso.

Estamos tristes pela quantidade de sangue todos os dias derramado na Terra Santa. A maioria dessas mortes são de palestinianos. Nada disto estaria sucedendo se p sionismo não tivesse conquistado o mundo com as suas ideias cruéis.

Nós, os judeus religiosos, devemos viver em paz e harmonia com os nossos vizinhos e a ser cidadãos leais e corretos onde quer que seja que moremos.

A nossa mensagem deve ser conhecida e espalhada por todo o mundo. Com a ajuda de Di-s talvez possamos contribuir para salvar as pessoas da Palestina e ajudar a limpar a mancha de crueldade que o sionismo está deixando na zona.

Muitas das pessoas que agora se encontram connosco, representantes de organizações pelos direitos humanos, membros de ong’s, líderes pacifistas, acreditam que a solução passa pela criação de dois estados, um palestino e outro israelita (israelense). Mas os judeus religiosos, representamos a opinião da Tora, e a nossa solução é aceitar o mandamento de De-s que é de nos opormos ao sionismo e ao seu estado. É fundamental que este mandamento Divino seja conhecido pelo mundo. è muito importante que entendais que quando os sionistas justificam os seus atos com base na Tora estão mentindo, não acreditem neles, pois não é De-s quem deseja que se atue desta forma.

¿E que acontece com os nossos irmãos muçulmanos?

Temos que dizer-vos que condenamos claramente as atrocidades sionistas na Terra Santa. Desejamos poder estar em paz e respeito mutuo, mas sabemos que tal não será possível enquanto o estado de Israel existir. Por este motivo, desejamos a dissolução pacífica do estado israelita (israelense).

Que sejamos dignos de ver a redenção e o tempo em que todos nos juntemos em harmonia e paz.

Assalam Alaikum”

Tradução e versão em língua portuguesa: Sionismo.net

 Fonte: http://www.nkusa.org

 

(Foram utilizadas as normas do acordo ortográfico e algumas palavras apresentam-se em ambas as variantes do português europeu e brasileiro.)

, , , , ,

No comments yet.

Deixe uma resposta