Tag Archives | Theodor Herzl

Os Republicanos querem Jerusalém? Herzl prometeu ao Papa, ao Kaiser e ao Sultão deixá-la fora do Estado judaico.

Os candidatos republicanos às eleições presidenciais dos EUA têm prometido, um após o outro, mover a embaixada norte-americana em Israel para Jerusalém, e o primeiro-ministro direitista de Israel, Netanyahu, declarou Jerusalém como capital eterna e indivisível do estado judaico. 

Israel ocupou Jerusalém Oriental em 1967 e anexou-a em 1970. O mundo recusa-se a reconhecer a anexação. Entretanto, Israel promove escavações nos bairros da Cidade Velha para encontrar moedas que demonstrem a presença judaica em tempos antigos – que justifiquem a expulsão de mais palestinianos (br. palestinos) das suas casas.
Todos os planos e projectos internacionais indicam Jerusalém como uma cidade internacional. 
 
Tal como eu assinalei anteriormente, o jornalista e dramaturgo húngaro-austríaco Theodor Herzl (1860-1904), fundador do sionismo político, prometeu a diversos líderes mundiais que Jerusalém seria internacionalizada, no caso dos judeus possuírem a Palestina.

Nos últimos cinco anos da sua vida, Herzl passou pelos escritórios dos homens mais poderosos da Europa, prometendo a extraterritorialidade de Jerusalém.
 
Reli os seus diários e aqui publico estes dez excertos, todos contendo essa promessa, de uma forma explícita e/ou implicita: Continue Reading →

A visão de Herzl do Estado Judaico.

Nos seus diários (“The Complete Diaries of Theodor Herzl, Fundação Herzl, Nova York, 1960), o fundador do sionismo delimitou da seguinte maneira o território que abarcaria o Estado Judaico: “Desde o rio do Egipto até ao Eufrates” (Vol. II, página 711).

Quarenta e três anos mais tarde, em 9 de Julho de 1947, as ideias sionistas de desejo de extensão do Estado de Israel a criar-se em seguida, foram anunciadas da seguinte maneira pelo rabino Fischmann, membro da Agência Judaica, antes da Comissão Especial Investigadora sobre a Palestina: “A Terra Prometida estende-se desde o Nilo até ao Eufrates”.  Quando essas ideias são passadas a um mapa, o resultado é o seguinte: Continue Reading →

Vladimir Jabotinsky e o Fascismo Judeu.

vladimir jabotinsky em uniforme fascistaVladimir Jabotinsky foi um dos líderes sionistas mais brilhantes e fanáticos da historia. Inimigo mortal do socialismo, foi o seu crítico mais feroz quando o sionismo social-democrata conquistou a hegemonia do sionismo mundial…Pode-se ser judeu e fascista? Um recorrido rápido pela agitada vida do ucraniano Vladimir Jabotinsky, nascido em Odessa em 1880 e falecido em Nova Iorque em 1940, talvez responda a esta pergunta. Jornalista, escritor, orador, poliglota, soldado e dirigente político, também foi, dependendo de por onde se olhe, combatente pela pátria ou terrorista. Continue Reading →

Quem foi Theodor Herzl

Theodor HerzlTheodor Herzl (1860-1904) foi um jornalista judeu austríaco que se tornou fundador do moderno sionismo político. O seu nome em hebraico era Benjamin Ze’ev (?????? ???). Declaradamente adepto de doutrinas adversas ao judaísmo e grande admirador da cultura ocidental, chega a propor ao Papa uma solução para o problema judaico: a conversão ao catolicismo de todos os judeus de Áustria, numa cerimónia especial na Igreja de Saint Stephan, Viena, em contrapartida do apoio dos príncipes da Igreja Austríaca. Continue Reading →